Cobrança por ações para minimizar efeitos da seca mobilizará trabalhadores rurais em Sertânia e Ibimirim

0

seca/Foto AgênciaO Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Sertânia (STTR), no Sertão do Moxotó pernambucano, fará uma mobilização nesta sexta-feira (3) em defesa de uma pauta de reivindicações voltada a minimizar as consequências da seca no município.

Entre os pontos do documento estão a maior agilidade na construção das tecnologias previstas no Programa Água para Todos, como barragens subterrâneas, poços artesianos, dessalinizadores e tanques de pedra; antecipação do Garantia Safra 2013, com repasse já no mês de julho; aumento do valor do Chapéu de Palha-estiagem de R$ 280 para R$ 400 e reforço na distribuição do bagaço de cana destinado à ração animal.

Segundo nota da assessoria da Fetape, que respalda a iniciativa, a mobilização integra a programação do 3º Encontro do Dia do Trabalhador e vai concentrar os participantes a partir das 8h, na sede do STTR. Cerca de 3 mil trabalhadores são esperados. Na ocasião, será elaborado um abaixo-assinado a ser entregue, por uma comissão, a representantes do Executivo nas três esferas (municipal, estadual e federal).

De acordo com o secretário de Finanças do STTR de Sertânia, José Monteiro, a comissão pretende, ainda, envolver representações do Ministério do Desenvolvimento (MDA), nas negociações pela antecipação do Garantia Safra 2013.

Ibimirim

Já em Ibimirim, o STTR e a Câmara de Vereadores irão mobilizar a população para a criação do Fórum da Cidadania do Semiárido de Convivência com a Seca. O ato também será sexta-feira. A expectativa é de que estejam presentes cerca de 600 pessoas, entre lideranças da Igreja Católica, de associações comunitárias, Ministério Público, Poder Judiciário e órgãos do governo, como o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs).

O Fórum, que tem como objetivo cobrar ações do governo municipal e dialogar com o Dnocs, que coordena um perímetro irrigado no município, será composto por representantes da sociedade civil e de órgãos do governo. A instância deverá cumprir uma agenda de reuniões mensais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome