Chesf inaugura primeira etapa de Centro de Energia Solar de Petrolina

2
Inauguração do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp), em Petrolina. (Foto: Jonas Santos /Ascom PMP/ Divulgação)

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) inaugurou, na tarde de hoje (29), a primeira etapa do Centro de Referência em Energia Solar de Petrolina (Cresp), localizado na região do Pontal Sul, zona rural da cidade. O evento contou com a presença do diretor de Operação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), João Henrique Franklin, do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, o senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito Miguel Coelho, além de representantes do setor elétrico nacional.

O Cresp é um centro de pesquisas voltado ao desenvolvimento científico e tecnológico em energia solar e, de acordo com a Chesf, irá contribuir com o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da sociedade, mediante a geração e a aplicação do conhecimento da Energia Solar.

Ao todo, o investimento do Cresp é de cerca de R$ 200 milhões. Nesta primeira etapa, com investimentos da ordem de R$ 30 milhões, foi entregue a edificação do Centro, com ambientes para debates da evolução tecnológica da energia solar, salas de monitoramento, laboratórios de pesquisa e uma planta fotovoltaica de 2,5MWp, denominada Planta Básica. O projeto vai poder propiciar novas pesquisas e atrair pesquisadores de diversas partes do país e do mundo, saindo novidades e inovações para o setor elétrico.

2 COMENTÁRIOS

  1. Vai ser uma delícia a energia provinda dessa coisa aí, cara e funcionado igual um vaga-lume. Prefiro que gastem bilhões em uns 4 reatores nucleares, mas que gerariam energia por quase um século sem interrupções, do que esse trambolho aí que vai gerar energia por algumas horas diárias.

  2. Por ser uma inovação para o setor elétrico, se tornou um ato politico para o nobre Senador FBC e família. Que tristeza para o nosso País.
    Chega dessas chagas na politica brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome