Caso Beatriz ganha novo capítulo após desabafo de Lucinha Mota sobre advogado e respostas de entidades de classe

14
(Foto: Arquivo Blog)

O Caso Beatriz vem ganhando ainda mais repercussão nos últimos dias, após o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decretar a prisão preventiva de Allinson Henrique de Carvalho Cunha, suspeito de ter apagado imagens de câmeras de segurança do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em Petrolina, onde a menina Beatriz Angélica foi brutalmente assassinada em 10 de dezembro e 2015.

Após o decreto de prisão, a mãe de Beatriz, Lucinha Mota, se disse indignada com o advogado juazeirense Wank Medrado, que está fazendo a defesa do suspeito na Justiça. A notícia repercutiu ainda mais e duas entidades de classe se manifestaram sobre as declarações da mãe de Beatriz, saindo em defesa de Wank.

A Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim)/ Regional Norte da Bahia, declarou “apoio incondicional” a Wank Medrado, dizendo que o profissional teria sido “desrespeitado no exercício de sua atividade profissional“, e ressaltou que “advogados não podem ser avaliados ou rotulados por características dos seus clientes, mas sim, por suas próprias qualidades (vejam a nota completa aqui)”.

Já a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)/Subseção Juazeiro destacou o papel do advogado e “repudiou veementemente a ideia de que seus membros, quando no exercício digno da profissão, possam ser confundidos ou ser objetos de comparação da atividade lícita ou ilícita do cliente, tal qual o médico que tem o dever legal de salvar a vida, mesmo do paciente que ao praticar uma ação ilícita fora alvejado pela polícia, sem que se alegue cumplicidade com o ato criminoso (confiram a nota aqui)”.

Ontem (13) à noite, Lucinha Mota enviou uma nota a este Blog falando sobre o assunto e justificou seu desapontamento ao saber que a defesa do suspeito estava sendo conduzida por Wank. Segundo ela, o desabafo é porque o advogado é “um conterrâneo de Beatriz Mota e de sua família, um amigo de infância do pai de Beatriz [Sandro Romilton], pessoa que tínhamos toda consideração e também um vizinho nosso“, informou (Demais detalhes da nota acesse aqui)”.

14 COMENTÁRIOS

  1. Vizinho dela? Mas ela não declarou residencia em Petrolina para ser candidata a Deputada Estadual por Pernambuco? Amigo de Infancia da familia? Lembro que em entrevista a este Blog, ela disse que toda a vida dela foi em Petrolina.

  2. não queria estar passando o que ele estar passando, mais ela fala muita besteira pq a policia nunca disse que a escola estar atrapalhando investigação alguma, o que ela tem que cobrar é da policia civil pois fez e faz um trabalho muito fraco e quando vier e se vier a se descobrir algo ai sim ela começa com os ataques dela a quem é o responsavel, pois a mesma já culpou prefeitura,bombeiro entre outros pelo ocorrida mais nunca vir ela cobrar da policia que esclareça os fatos e agora estar se pegando até contra a o advogado de um acusado é por isso que ela perde o apoio de uma parcela da população e por fim veio usar o caso para querer entrar na politica ai vem a contradição se filiou a um partido que so defende bandido que é o psol .

  3. Pensador e Cidadão, vocês deveriam questionar não o comportamento da mãe que está lutando para descobrir o(os) assassino(os) da sua filha. Não se sabe até o momento contra quem esta família esta lutando, podem ser poucos, podem ser muitos, podem ser pobre, podem ser riquíssimos……………..Não se façam de bobos, pelos comentários de vocês, estão acompanhando o caso desde o início e percebem perfeitamente o que ocorreu de lá até aqui. Lembrem-se, reflitam, a criminosa não é a mãe, mas quem matou a filha dela de forma perversa e cruel, utilizando-se de uma arma branca. Antes de criticá-la ou condená-la por suas atitudes, paro um instante e reflito: “E se fosse comigo? “Quem sente o tamanho da dor é quem tem a ferida aberta”.

    • Penso isso todos os dias. E se fosse comigo? Eu iria atras da Policia para resolver o caso, ou iria ficar indo na midia jogando o nome de A e B sem ter provas algumas? Nesses 3 anos já saiu boatos sobre Pai de Beatriz, sobre o Colégio, até sobre Julio Lossio. Por qual motivo 20 dias após o crime a policia ainda não tinha ido pegar as imagens? Isso é culpa de quem ?

      • Pensador, como já disse, você não é bobo. Se ela não estivesse indo na mídia, cobrando ações da policia, tenha certeza que este crime já estaria no esquecimento. Em nenhum momento a ví acusando ninguém e o que ela falou está nos autos do processo investigativo, inclusive este decreto de prisão é uma prova. É preciso discernir os boatos da verdade e para isso basta aguardar o posicionamento da polícia sobre o caso..

    • Falou que era amigo de Sandro. Conheço a família de Sandro,sempre morou e mora aqui.
      Essa mulher tem sobrevivido pra fazer justiça a quem cometeu tamanha crueldade com a inocente filha dela.Esta coberta de razão.

  4. So que saber a dor e ela e quem ter filho saber que poder passa por isso ela so ta lutando sobre a injustica.nao e facio pra uma mae ver a filha naquele momento dificio ela tem que lunta enquando ela poder.vai em frente lunte pq so assim um dia deus vai te mostra de verdade.quem fez isso essa coisa ruim que precisanda sair da sociedades.parabens luciana

  5. FAÇO SOMENTE UMA PERGUNTA PARA RESPONDER A TODAS: ” E SE FÔSSE SUA FILHA, O QUE VC FARIA COM 3 ANOS DE INJUSTIÇA”?
    SERIA BOM QUE TODOS QUE ESTÃO CONTRA A FAMÍLIA DE BEATRIZ PASSASSEM O QUE ELES ESTÃO PASSANDO PRA SENTIR A DOR QUE ESTÃO SENTINDO…

  6. Fico observando aqui, cada comentário besta de pessoas que praticamente não tem coração. só Deus sabe a dor que essa familia está passando…Lucinha teve meu voto e vai ter sim das proximas vezes que se candidatar, essa mãe só quer justiça

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome