Associação LGBT se prepara para realizar em Petrolina a Semana da Visibilidade Lésbica

12

Petrolina vivenciará a Semana da Visibilidade Lésbica, que terá início no dia 28 de agosto e prosseguirá até o dia 2 de sembro. As atividades, realizadas pela Associação Sertão LGBT – Vale do São Francisco, contarão com o apoio da prefeitura municipal e da Gerência Regional de Educação (GRE), que estarão desenvolvendo atividades de cunho socioeducacional e de lazer.

No dia 2 de setembro (sábado), acontecerá o ‘Piquinique Sapatônico’, no Parque Josepha Coelho, área central da cidade, das 8h às 19h. Durante o evento serão realizadas atividades físicas, oficinas de dança e defesa pessoal, rodas de conversa, serviços de saúde, exposição de arte, música ao vivo, entre outros.

A programação é gratuita, exceto as oficinas, nas quais os interessados precisam levar 1kg de alimento não perecível e material de higiene, para realizarem sua inscrição. A organização ressalta que o evento é aberto a todos os públicos. Outras informações podem ser obtidas acessando aqui.

12 COMENTÁRIOS

  1. Qual o objetivo do evento??? visibilidade “lésbica”?? Piquenique “Sapatônico”??? Pelo que vejo em outras discussões de diversidade de gênero, há um repúdio da classe a esses termos “viado, sapatão, baitola…” pelo fato de sempre terem sido usados de forma pejorativa pela sociedade preconceituosa.

    • Justamente dá visibilidade .. Buscamos respeito .. Queremos direitos iguais, nem mais nem menos, apenas iguais.
      Com certeza os alimentos e os produtos de higiene arrecadados será distúrbios alguma entidade carente. Ou seja só o fato dessa manifestação .. Ainda quer mais objetivo?
      E por favor, vamos nos informar o que é identidade de gênero e opção sexual
      Beijo de luz

      • Eu sou a favor do respeito à diversidade sexual, por isso mesmo estou questionando: Como se desconstrói nomes pejorativos usando esses mesmos nomes nos próprios eventos da classe??? Chamar de “sapatão” é um nome totalmente pejorativo! Pelo que leio e me informo, hoje se busca o reconhecimento das diversidades de gênero: homossexual, heterossexual, bissexual, transexual.. E você, Natália, procure ler, entender e interpretar o que está exposto no texto. Primeiro, nem falei de opção sexual, então não entendo o que você quis dizer quando sugere que eu me informe sobre isso, segundo: as ações apresentadas não corresponde com o título: “Visibilidade” e nem qual o propósito dessa visibilidade??? As “lésbicas” são invisíveis??? Acho que quando se faz um evento com esse título, você certamente só vai trazer para o evento as pessoas desse gênero. Não haverá visibilidade, haverá segregação. Visibilidade é tornar as pessoas desse gênero respeitadas na sociedade como um todo, nas ações do dia a dia, no convívio com os outros gêneros, não em um evento específico.

      • Falou DESCONSTRUIR já sei que tem má fé intelectual envolvida. Deixem nossos conceitos judaico-cristãos quietos, camarada, bom de desconstruir sua agenda LGBT sobre nossos filhos, isso sim…

  2. Incrível como as opções dos outros incomodam. O que outro escolhe não muda minha vida em nada. Tenho que respeita-lo. Todos somos seres humanos. Como vamos fazer sexo não é problema do outro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome