Artigo do leitor: “A hora do rush em Salgueiro, a ‘Índia’ do Sertão pernambucano”

0

O trânsito complicado nas horas de pico em Salgueiro (PE), Sertão Central, mereceu críticas duras e irônicas do leitor Gerson Douglas Vasconcelos.

Confiram:

Um dos grandes privilégios de quem mora em uma cidade do Interior é o rápido acesso entre o trabalho e a residência, permitindo ao cidadão almoçar em casa no conforto do lar, algo raro para quem vive nas grandes cidades. Mas em Salgueiro, mesmo o município estando distante de ter uma população semelhante a dos grandes centros, os moradores estão convivendo com um verdadeiro “caos” no trânsito da cidade de 60 mil habitantes.

Quando o sino da Igreja Matriz bate ao meio-dia, começa “a hora do rush” dos sertanejos. Quem precisa passar pelo Centro da cidade tem que ter paciência, pois as principais avenidas do município ficam congestionadas, como a Avenida Antônio Angelim e a Avenida Agamenon Magalhães, que tem duas escolas localizadas.

O trânsito fica lento devido à saída dos estudantes, o que gera as infrações por parte dos pais de alunos que estacionam em desacordo com a sinalização, e outros que param em fila dupla, o que prejudica muito a fluidez da via.

Os que tentam fugir da área central e procuram alternativas nos bairros periféricos encaram outro problema tão grave quanto: a péssima manutenção das vias, excesso de buracos e nenhuma sinalização. O que causa insegurança a motoristas e pedestres, pelo receio de acidentes e danos aos veículos.

Gerson Douglas Vasconcelos/Leitor

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome