Apresentações musicais em Juazeiro não serão mais restritas apenas a voz e violão

0
Foto: Ascom PMJ/divulgação

Em Juazeiro (BA), o secretário de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano, Jadson Barros, recebeu ontem (9) no seu gabinete a visita do representante do grupo de músicos da cidade, Marcelo Vidal. O objetivo foi falar sobre a publicação da última quinta (8), no Diário Oficial do município, do decreto 552/2019, que altera o texto anterior do decreto 888/2017, ampliando as apresentações musicais antes restritas apenas a voz e violão.

Com o novo decreto, os músicos que trabalham com voz e teclado, PAD (instrumento capaz de reproduzir uma diversidade de sons instrumentais quando conectado a um equipamento sonoro) e Cajón (instrumento de percussão feito de madeira) podem se apresentar nos bares e restaurantes da cidade.

A notícia foi comemorada por Vidal, que também é músico. “Recebemos com muita alegria essa ampliação dos instrumentos que podem ser usados. Vai ajudar uma classe que precisava ser olhada pelo poder público, e esta gestão teve essa percepção. Buscávamos por isso há alguns meses e agora conseguimos“, descreveu.

A medida possibilita aos músicos que usam outros instrumentos trabalharem nos estabelecimentos comerciais da cidade. A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) ressalta ainda que a ampliação de instrumentos musicais não permite a perturbação do sossego público.

Atenção

Jadson Barros reforça a atenção da gestão de Bomfim com a classe musical da cidade. “É um passo a mais que a gestão municipal conquistou, pois estava bem restrita e esta ampliação consegue alcançar um número considerável de mais de 100 músicos e consequentemente suas famílias. Os instrumentos que estão autorizados a serem utilizados são equipamentos sem a sonoridade grave, isso também é uma atenção que gestão tem com relação ao sossego público“, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome