Prosseguem neste final de semana ações para reduzir acidentes de motos em Petrolina

acidente-de-motos1Desde o último dia 2 de setembro, uma série de ações feitas em parceria entre a Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Militar (PM) – entre outros órgãos – pretende minimizar os acidentes envolvendo motocicletas em Petrolina. No último final de semana, mais um acidente registrado na cidade chocou a população, após um jovem bater com a moto num poste, na extensão da orla, morrendo no local.

As ações terão continuidade neste final de semana, com realização de blitzes a partir das 21h, nas quais serão fiscalizadas motocicletas e ciclomotores (as ‘cinquentinhas’). Os pontos de fiscalização não serão divulgados para não chamarem atenção dos condutores. Será utilizado o bafômetro com o intuito de verificar se os motociclistas fizeram uso de bebidas alcóolicas.

Estão previstas ainda, durante a próxima semana, entrevistas em emissoras de rádio da cidade sobre o assunto. As fiscalizações continuarão sendo feitas nos finais de semana e os eventos seguem até a próxima quinta-feira (26), culminando com a realização do Seminário de encerramento da Semana Nacional de Trânsito com os representantes do Comitê Regional de Prevenção aos Acidentes de Moto (CRPAM) e convidados.

Comentários

11 thoughts on “Prosseguem neste final de semana ações para reduzir acidentes de motos em Petrolina”

  1. GUILHERME VITOR disse:

    O QUE É MAIS CORRIQUEIRO NO TRÂNSITO EM RELAÇÃO A MUITOS MOTOQUEIROS:

    CORTAR VEÍCULOS PELA DIREITA….

    QUE FOR MOTORISTA PODE CONSTATAR….ELES ULTRAPASSAM PELA DIREITA COMO SE ISTO FOSSE ENSINADO PARA O EXAME NO DETRAN.

    CORRIGINDO ISTO…DIMINUI-SE SENSIVELMENTE O NÚMERO DE ACIDENTES.

    SEM GENERALIZAR, CLARO….MAS GRANDE PARTE FAZ ISTO.

  2. KLEBER disse:

    Acrescenta mais um na lista, hoje por volta das 12:10 houve um acidente envolvendo um carro e um motociclista no retorno em frente à Xerife Motopeças na Av. da Integração, não sei quem tava errado, mas foi feio o acidente e tumultuou o trânsito!

  3. Laura disse:

    Estava na hora. Tenho automóvel e só muito cauteloso ao dirigir. Se não fosse assim, já terei atropelado vários motociclistas imprudentes. Deveria também ter ações voltadas aos taxistas, nunca vi tanta imprudência, se acham os donos da rua, parecem que estão numa pista de corrida de alta velocidade.

    1. anderson disse:

      laura !!! faço o uso de moto!!!!AGORA TENHO Q PESSOAS Q TAO EMM EXMPLO INTREGRAÇAO FICAAMM NA PISTA LODO ESQUERDO AS VEZES COMM CELULAR NO OUVIDO TRAFEQUANDO A 40 QUILOMENTRO POR HR AAI QUEMM nesse CASA TENHE Q SER OUSADO e entregar a deus !!

    2. josé pedro disse:

      Concordo, Laura, isso acontece principalmente no trecho aeroporto até o viaduto, essa turma de taxista se comportam como se fosse o Vettel numa pista de fórmula1. O lugar mais visível disso é no contorno da Honorato com a Sete de Setembro, ali eles passam voando em direção ao centro, via Makro.

  4. anderson disse:

    isso eh preconceito COM MOTO!!!TENHE TANTO PESSOAS DE CAROS Q PROVOCAM ACIDENTES AS POR BEBIDAS OU CELULAR NO OUVIDO as vezes quando tao errados SEMPRE FOGEM DO LOCAL111

  5. ATIVISTA disse:

    VAMOS COMPARTILHAR AS RUAS!

  6. MARIA EDUARDA disse:

    O QUE VEJO DIARIAMENTE NESSE TRÂNSITO MALUCO SÃO MOTOQUEIROS MIRINS, E PILOTOS DESPREPARADOS.
    DEPOIS QUE INVENTARAM A BENDITA CINQUENTINHA , O NÚMERO DE PILOTOS DESPREPARADOS NO TRÂNSITO AUMENTOU.
    PELO AMOR DE DEUS FISCALIZEM , PORQUE DIZEM QUE NÃO PRECISAM DE HABILITAÇÃO AI FICAMOS VULNERÁVEIS A AÇÃO DOS INCONSEQUENTES.

  7. Maria Esse disse:

    As MOTOS em Petrolina são perigosamente vulneráveis causadoras de acidentes. Já passei pelo transtorno ,dando sinaleira um motoqueiro me
    ultrapassou e ainda me gritou se achando.o dono da verdade. É muito desafiador dirigir automóvel nessa cidade que já foi boa…

  8. Luis Fernando disse:

    O motivo principal é um só: imprudência dos dois lados. Há tantos motoristas quanto motoqueiros imprudentes. Tenho um conhecido que quase morreu num acidente de moto causado por um carro que entrou a esquerda sem ligar seta, na rua próxima da Mavel. Hoje mesmo quase bati em um motoqueiro que vinha trafegando na Honorato pelo acostamento e na contramão. Não o vi, pois estava cruzando a avenida e olhava para outro lado cuidando os carros que vinham em sua mão. Sempre dirijo ou piloto esperando que os outros errem, me fechem, invadam a minha faixa, parem de forma brusca ou não liguem seta, por isso não me envolvo em acidentes. Temos que dirigir contando com a cagada dos outros.

Deixe uma resposta

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br