Aborrecido com críticas de Cancão, Gilberto Melo questiona “competência e legalidade” de comissão especial para investigar HDM

0

O vereador Gilberto Melo (PR) não gostou das declarações do seu colega de bancada, Ronaldo Cancão (PTB), de que comissão não estaria cumprindo seu papel à altura. Semana passada, o petebista disse à imprensa que a Comissão Especial de Inquérito para apurar denúncias contra o Hospital Dom Malan (HDM)/Imip só está sendo criada na Casa Plínio Amorim porque a Comissão de Saúde – presidida por Gilberto – não deu conta do recado.

Incomodado com o comentário, o governista disse que Cancão deveria apurar melhor o trabalho realizado pela comissão. Segundo Gilberto, desde a morte de uma jovem da Cohab Massangano (há um ano e três meses) no hospital, bem como a da gestante Miliam Carvalho da Silva, de 15 anos, falecida no início de maio, ele e os demais integrantes vêm atuando fortemente em busca de providências. Mas Gilberto deixa claro que esse trabalho tem limite.

A comissão não condena ninguém. O vereador Ronaldo Cancão está totalmente errado e tem de fazer uma reflexão. Agora, se ele quer se aparecer, que ele condene alguém junto com a Polícia Civil ou o Cremepe, que é quem tem poder para isso”, disparou. No mesmo tom, Gilberto criticou o representante das Associações de Líderes Comunitários, José Santos, que também fez ressalvas à atuação da comissão. “Ele deve é trabalhar por Petrolina e mostrar alguma obra que fez, porque não conheço o trabalho dele”.

Apuração

Gilberto também destacou o trabalho dos outros dois colegas na comissão, vereadores Zenildo do Alto do Cocar (PSB) e Manoel da Acosap. “Estamos sempre apurando todos os fatos”, declarou. Ele voltou a reiterar que a comissão apenas oferece a denúncia às autoridades competentes para a devida apuração, a exemplo da Polícia Civil (PC), Conselho Regional de Medicina (Cremepe) e Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O governista informou ainda ter solicitado, dentro do que lhe compete, o apoio do prefeito Miguel Coelho, que se reuniu recentemente com um representante do Imip (responsável pela gestão do HDM, que é estadualizado). Gilberto aproveitou para provocar o colega em relação à Comissão Especial de Inquérito. “Será que essa comissão, legalmente, ela tem competência?”, arrematou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome