À frente do Ministério do Meio Ambiente, juazeirense Edson Duarte assume chefia da delegação brasileira na Polônia e defende mais investimentos para países em desenvolvimento

0
(Foto: Divulgação)

O ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, chefe da delegação brasileira na Conferência do Clima (COP 24), defendeu nesta segunda-feira (10) em Katowice, na Polônia, a necessidade do cumprimento, por todos, dos acordos firmados até o momento, destacando ainda que “países ricos devem cumprir com o acordo para financiar projetos de países em desenvolvimento“.

Edson reforçou durante sua fala que “os países mais ricos podem fazer muito, independente dos acordos e ajudas externas“, e complementou afirmando que “a política ambiental e climática não é política de governo, mas de Estado, onde todos governos, sociedade, empresas devem participar.

Ele participou de vários eventos e lançou, com ministros de outros países, o relatório Biofuturo, que trata da promoção dos biocombustíveis. A comitiva brasileira discute na Polônia diversos temas a exemplo da redução das emissões e dos impactos da mudança do clima, com contribuição para a erradicação da pobreza.

Organizado pelos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e das Relações Exteriores (MRE), o Espaço Brasil na COP 24 engajará, até o fim da conferência, representantes de diversos setores da sociedade em discussões relacionadas à agenda climática.

Conferência

A COP 24 reúne representantes de 195 países, com o objetivo de negociar e chegar a um consenso sobre as regras para a implementação do Acordo de Paris – pacto mundial com o objetivo de conter o aumento da temperatura média do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome